Com a chegada do inverno, vem também as epidemias características desta estação. As pessoas tendem a ficar mais tempo em ambientes fechados o que favorece a transmissão de vírus e bactérias e, também, o tempo frio e seco tende a diminuir os mecanismos de defesas naturais do aparelho respiratório. O Dr. Rodrigo Athanazio, pneumologista do InCor – HC – FMUSP e membro da plataforma Doctoralia, dá dicas de como prevenir doenças como gripe, rinite, asma, sinusite e outras.

Evite locais sem ventilação

São nos locais abafados que doenças respiratórias infecciosas e alérgicas mais tendem a se manifestar. É importante que as pessoas com um sistema imunológico mais comprometido tenham ciência de evitar esse tipo de ambiente. Para quem tem doenças crônicas, idosos e crianças, todo cuidado é pouco. Nestes ambientes fechados existe um maior acúmulo de substâncias que podem desencadear crises alérgicas, além do maior risco de propagação de vírus e bactérias.

Deixe a carteirinha de vacinação em dia

De acordo com as secretarias municipais e estaduais de Saúde, a vacina da gripe teve uma baixa adesão esse ano e atingiu somente 66,2% do público-alvo até 13 de junho. Pouco mais de 10 dias antes da chegada do inverno.

É fundamental estar com a vacinação em dia. No caso da vacina da gripe, ela é aplicada anualmente e é gratuita para os grupos de risco. A vacina contra pneumonia também é indicada para pacientes com doenças respiratórias.

Mantenha ambientes de convívio limpos

Com o tempo seco, o acúmulo de sujeira e pó costuma se espalhar mais rapidamente. Para evitar doenças alérgicas, como rinite e sinusite, evite o mofo e os ácaros da poeira doméstica e do ambiente de trabalho. Pelos de cão e gato e poluição também podem contribuir para o aumento das crises alérgicas.

Mantenha hábitos de vida saudáveis

Um dos principais fatores para ter essas doenças durante o inverno é o comprometimento do sistema imunológico. No clima frio e seco é fundamental manter-se bem hidratado, alimentar-se de forma saudável e garantir uma boa qualidade do sono. Uma boa imunidade pode garantir quadros respiratórios mais leves e prevenir complicações como, por exemplo, pneumonias e sinusites bacterianas após um quadro viral de um resfriado.

O Dr Rodrigo Athanazio ainda lembra da importância de lavar as mãos para passar tranquilo por esta estação do ano. Mãos contaminadas são uma das principais vias de transmissão de vírus e bactérias, muitas vezes até mais importante do que a via inalatória através de tosse e espirros. Desta forma, além de lavar as mãos, o uso frequente de álcool gel também pode ser uma boa estratégia preventiva, principalmente após usar transporte público ou frequentar ambientes com grande fluxo de pessoas.

Tem dúvidas sobre epidemias do inverno? A Doctoralia conta com mais de 372 mil profissionais de saúde que poderão tirar as dúvidas de forma gratuita e anônima. Saiba mais no https://www.doctoralia.com.br/pergunte-ao-especialista.

Acesse:

Doctoralia no Facebook: @doctoralia.br

Sobre a Doctoralia

Parte do Grupo DocPlanner, a Doctoralia é uma plataforma que conecta pacientes e profissionais de saúde, proporcionando uma experiência de cuidados e tratamentos próxima e mais humanizada. A plataforma oferece um espaço para perguntas, troca de opiniões e busca segmentada por especialistas de acordo com as necessidades de cada pessoa. Para os profissionais e centros de saúde, a Doctoralia auxilia no gerenciamento de pacientes, ampliando a presença on-line do profissional e melhorando a eficiência de suas consultas. Para saber mais sobre a empresa visite:  www.doctoralia.com.br

Sobre o Grupo DocPlanner

O Grupo DocPlanner, fundado em 2012 na Polônia, oferece serviços para mais de 25 milhões de pacientes por mês e gerencia cerca de 700.000 reservas de consultas mensais. A empresa tem mais de 2 milhões de profissionais cadastrados e 2 milhões de opiniões de pacientes nos 18 países em que está presente.

Informações para a imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

Postado em: Bem-estar, Educação, Releases, Saúde