O KAYAK, (www.kayak.com.br), líder mundial em pesquisas de viagens online com mais de 1,5 bilhão de buscas anuais ao redor do mundo, realizou um levantamento para entender como os hábitos dos viajantes foram alterados em razão da recente crise econômica na hora de pesquisar uma viagem online seja via desktop ou smartphones. Os destaques do levantamento, para o Brasil, estão nos destinos mais buscados para cada tipo de plataforma online (tablet, smartphones e computadores), categoria de hotéis, dias e horários em que as pesquisas são realizadas, classes tarifárias e as principais diferenças entre usuários de Android e iOS (iPhone).

No computador, a procura por cidades no exterior caiu pela metade em comparação a 2015, deixando atrações do Caribe – Aruba, San Martin e Punta Cana, muito apreciadas por brasileiros – fora do ranking de favoritas.

A seguir listamos outros dados levantamos com a pesquisa e que detalham bem o perfil do viajante brasileiro.

Plataformas mais populares na hora de escolher a viagem perfeita

De acordo com o levantamento do KAYAK, o computador ainda é a opção mais utilizada pelos viajantes na hora de realizar suas pesquisas com um total de 58%.

Embora o Android seja maioria entre os brasileiros, o hábito de pesquisar viagens pelo aplicativo da ferramenta ainda é mais comum entre usuários de iOS (iPhone). Em relação a 2015, as buscas feitas em navegadores móveis (celular e tablet) cresceram consideravelmente de 9% para 19%, sendo 13% no aplicativo do iPhone e apenas 2% no navegador do tablet e no aplicativo do iPad.

Segundo dados da 27ª Pesquisa Anual da Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), até 2018, o número de smartphones no Brasil chegará a 236 milhões. A mesma pesquisa aponta que o Brasil é o terceiro país no ranking dos viajantes conectados. Então, nada mais natural do que optar por utilizar dispositivos móveis na hora de planejar uma viagem!

Classes tarifárias

A economia continua importando mais do que o conforto, como foi indicado no levantamento publicado em 2015. A classe econômica concentra 96% das buscas por voos realizadas em todas as plataformas, enquanto a executiva responde por 3%.

Para Eduardo Fleury, Country Manager do KAYAK no Brasil, o usuário da ferramenta procura sempre o destino ideal, no qual seja possível economizar ao máximo. “98% e 97% das pessoas fazem a pesquisa para voos de classe econômica pelo Android e Desktop, respectivamente. A porcentagem de viajantes que busca pelo iPhone é de 94%. Isso mostra que os usuários de Android continuam sendo a maioria no Brasil”, ressalta Fleury.

Com relação a voos de classe executiva, o Iphone é o aparelho mais utilizado com 5,1%, seguido de 2,7% via Desktop e 1,4% via Android.

Categoria dos hotéis 

Os usuários de iPhone continuam liderando a procura por categorias de luxo; e essa tendência não para de crescer. As buscas por hotéis 4 estrelas aumentaram de 24% para 37%; e por hotéis 5 estrelas, de 13% para 20%, comparando o levantamento de 2015 com o de 2016. Isso significa dizer que uma em cada cinco buscas de iPhone é para a categoria 5 estrelas.

Vale ressaltar que usuários de Desktop são os que mais consideram utilizar acomodações das categorias 2 e “sem estrelas”. 

Em resumo, a maioria dos brasileiros tem preferência por hotéis 3 estrelas, enquanto proprietários de dispositivos iOS (iPhone e iPad), preferem hotéis 4 estrelas. 

Gastos com destinos populares: viagens ao exterior tiveram queda 

Os brasileiros estão buscando passagens mais baratas e esse fator influência na hora de escolher o destino. Com a crise, a opção foi apostar em destinos nacionais e também com preços mais acessíveis.

A média de preços das passagens buscadas via Desktop caiu 46%, enquanto por iPhone e Android, a queda foi de 24,5% e 9%, respectivamente.

O valor médio de uma passagem em 2015 era de R$ 2.226. No levantamento de 2016, o valor médio caiu para R$1.204, uma diferença significativa de R$1.022. Os proprietários de Android, por exemplo, tem um valor médio de passagens buscadas de apenas R$908.

Gastos com destinos “premium” 

Os brasileiros ainda preferem usar o desktop até mesmo na busca de passagens mais caras. O valor médio que esperam gastar é R$ 4.762. O preço médio dos voos pesquisados diminuiu 46% em relação a 2015.

Os proprietários de Android clicaram em passagens com valor médio 3% superior aos usuários de iPhone que optaram por bilhetes 8% mais caros em relação aos de Android. O valor médio das buscas por usuários de iPhone foi de R$2,984.

Gastos com hotéis 4 e 5 estrelas

O brasileiro tem o hábito de economizar nas passagens aéreas para poder ousar um pouco mais na hora de escolher a hospedagem. A média de preço das diárias de hotéis 4 e 5 estrelas pesquisadas é de R$ 790. Entre os proprietários de iPhone, 57% buscam acomodações nessas categorias, percentual maior do que em qualquer outra plataforma.

57% do total de buscas por hotéis de luxo são via computador, com um preço médio de R$ 783.

Tempo de busca por uma viagem e dias de semana com mais buscas 

Em comparação a 2015, os usuários do KAYAK estão sendo mais rápidos. Quem pesquisava por Android, por exemplo, gastava em média 5 minutos para decidir pela compra de uma passagem aérea. Ano passado, só precisa de 2 minutos navegando para tomar a decisão.

Os dias que os brasileiros mais pesquisam suas viagens é de domingo a quarta-feira, com maior ênfase no domingo, quando dispõem de mais tempo livre.

O horário do dia preferido para pesquisas de viagens

Planejar viagens a noite é mais comum pelo celular, por ser um momento mais tranquilo e de lazer. O horário mais popular, de acordo com o levantamento, é às 20h quando o brasileiro está relaxando após um dia de trabalho e já pensando no próximo tempo livre. 

Já para desktop, a maioria das pesquisas ocorre durante o expediente e, principalmente, nos intervalos do trabalho. Os horários mais buscados são às 10 da manhã e no horário de almoço.

Planejamento 

Em média, o brasileiro reserva uma viagem com 1 mês e 11 dias de antecedência. Assim como dados de 2015, o usuário de Android continua sendo o que planeja a viagem antes de todos os outros.

As passagens aéreas são reservadas, em média, com 39 dias de antecedência em todas as plataformas, enquanto para reservas de hotéis a média é de 40 dias. Já o aluguel do carro é reservado, em média, 11 dias antes da viagem.

Duração média da viagem 

As buscas por iPhone são mais utilizadas para viagens de final de semana, enquanto viagens de sete dias são mais buscadas por desktops.  Vale levar em consideração que 79% das buscas feitas em todas as plataformas do KAYAK representam viagens de até sete dias de duração. 

Já para viagens longas, em caso de férias, 3% são feitas por Desktop e Android, enquanto apenas 2% são feitas pelo iPhone.

Usuário de iPhone x Android 

De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria IDC (Brasil International Data Corporation), 95,5% dos aparelhos comercializados entre julho e setembro de 2016 rodavam o sistema operacional do Google. Os outros 4,5% eram iPhones, sendo que 95,5% dos smartphones vendidos no Brasil ainda são Androids.

No levantamento do KAYAK fica claro que na hora de planejar uma viagem existem diferenças e também similaridades nos usuários de iPhone e Android, veja abaixo:

O gasto médio do usuário de iPhone é de R$ 1.532 para destinos populares, enquanto o usuário de Android gasta em média R$ 908. Com relação a reserva de hotéis, os usuários de Android planejam com mais antecedência, 41 dias, contra, 38 dias dos usuários de iPhone.

Tanto os viajantes que utilizam iPhone quanto os que utilizam Android passam 3 minutos pesquisando hotéis e preferem os domingos para realizarem as buscas. Ambos também optam mais por viagens aos finais de semana.

*Os dados desta pesquisa baseiam-se na análise das buscas por hotéis, voos de ida e volta e aluguel de carros feitas entre agosto de 2015 e dezembro de 2016 nos aplicativos móveis, sites móveis e sites para desktop do KAYAK, para datas de viagem entre 01/01/2016 e 27/12/2016. Os comportamentos e tendências dos consumidores são baseados em buscas e cliques de voos e hotéis feitos no KAYAK.com.br para viagens em 2016. Todos os gastos mencionados são baseados nos cliques feitos pelos usuários nas buscas, e não nos valores reais de reservas. A análise é baseada no conjunto de todas as plataformas iOS e Android.

*É importante a publicação da metodologia do estudo para que não haja equívocos com relação as informações divulgadas.

Sobre o KAYAK

O KAYAK é o líder global em pesquisas de viagem online. O KAYAK pesquisa outros sites de viagem e mostra as informações de que os viajantes precisam para encontrar as melhores ofertas de voos, hotéis, aluguéis de carros e pacotes de viagem. O site e os aplicativos móveis da empresa também oferecem ferramentas para ajudar os viajantes a planejar e gerenciar suas viagens, incluindo alertas de preços, previsão de preços e gerenciamento gratuito de itinerários. Por ano, o KAYAK processa 1,5 bilhão de pesquisas de viagem e está disponível em mais de 40 sites internacionais e 20 idiomas. O KAYAK é uma subsidiária de gestão independente de The Priceline Group.

Site: http://www.kayak.com.br

Blog: http://www.kayak.com.br/news/

Instagram: https://www.instagram.com/kayak_br/

Facebook: https://www.facebook.com/kayak.brazil

Youtube: http://www.youtube.com/channel/UC9YU7D-Wac7rDciaQ7LeptQ

Para baixar o aplicativo móvel: http://www.kayak.com.br/mobile

Informações para a imprensa:
Sing Comunicação de Resultados

Postado em: Destaque, Releases, Turismo