Perfil do Paciente Digital: mulheres urbanas e conectadas

Com cada vez mais usuários, a Internet facilita a vida em praticamente todos os âmbitos, especialmente no que se refere à saúde. Afinal, é na World Wide Web que muitas pessoas buscam informações sobre saúde, de preferência confiáveis. Por exemplo, a Doctoralia, plataforma líder em agendamento de consultas, além de esclarecer dúvidas sobre saúde, com respostas fornecidas pelos próprios médicos e especialistas, possibilita escolher o profissional desejado baseando-se nas avaliações de outros pacientes e agendar consultas com apenas alguns cliques.

A preferência por esse tipo de serviço no Brasil, ou seja, o perfil do paciente digital, são mulheres entre 25 e 34 anos, residentes em grandes cidades, profissionalmente ativas, que procuram economizar tempo e desfrutar de maior conforto na hora de cuidar da saúde. Essas são algumas conclusões extraídas do estudo “O Paciente Digital 2018″, feito pela Doctoralia com o objetivo de identificar os hábitos dos internautas que agendam consultas médicas pela Internet.

A pesquisa foi realizada com usuários da plataforma no Brasil, México, Espanha, Itália, Polônia e Turquia. “Até pouco tempo, fazer o agendamento online para se consultar com um médico parecia algo inimaginável. Hoje em dia, é mais um serviço que podemos fazer pela Internet, utilizando-a como ferramenta para cuidar da saúde”, comenta Carlos Eduardo Spezin Lopes, Country Manager da Doctoraliano Brasil.

A maior proporção de mulheres que utilizam plataformas online para agendar consultas é justamente no Brasil, onde representam 76% dos usuários. Em seguida, aparecem Polônia (71%), Espanha (71%), México (68%) e Itália (65%). Por outro lado, a Turquia é o país participante do levantamento no qual o público feminino aparece em menor quantidade, com 53%.

Segundo Lopes, a representatividade feminina no Brasil se deve ao fato de as mulheres, em geral, serem responsáveis pela saúde do lar. “Elas buscam médicos e especialistas com mais frequência do que os homens, agendando consultas médicas não apenas para si mesmas, como também para outros membros da família, especialmente os filhos. Além disso, também usam serviços médicos com muito mais frequência”, observa.

Já na Turquia, a desproporção deve-se à predominância de homens, mesmo entre usuários de Internet, o que pode ser explicado por conta de se tratar de um país com uma sociedade bastante patriarcal, em que o chefe da família costuma possuir o computador, usá-lo com mais frequência e procurar informações ou serviços, incluindo médicos, para ele e sua família.

Ainda que plataformas como a Doctoralia possam ser utilizadas para agendar consultas com profissionais de saúde em praticamente todo o Brasil, seus usuários geralmente residem nas grandes cidades, como São Paulo (12%), Rio de Janeiro (11%) e Belo Horizonte (6%). Essa concentração deve-se, entre outros fatores, a um ritmo de vida mais acelerado, levando a um uso maior da Internet para resolver assuntos do dia a dia, além do fato de terem mais acesso a médicos e especialistas de saúde.

Em quase todos os países, a web é acessada com mais frequência através de smartphones do que tablets. No Brasil, 63% dos usuários utilizam o dispositivo móvel (9% a mais que o resultado do estudo feito em 2017), enquanto pouco mais de um terço usa o computador (35%) e apenas 2% acessam por meio de tablet.

Levando em consideração que os dispositivos móveis são utilizados com cada vez mais frequência para lidar com tarefas cotidianas (compras, serviços bancários, comunicação e interação nas redes sociais), é esperado que seu uso aumente ainda mais nos próximos anos.

Os especialistas mais buscados pelos usuários da Doctoralia no Brasil são:

  • Ginecologista
  • Psicólogo
  • Dermatologista
  • Endocrinologista
  • Psiquiatra

De um modo geral, pacientes dos seis países avaliados procuram por um especialista no período da tarde (entre 13h e 19h). A exceção é o Brasil, onde o maior número de buscas (8%) é feito pela manhã, entre 7 e 8 horas.

“A falta de tempo e a pressa fazem com que o usuário busque o imediatismo nos serviços que consome. Como pacientes, não estamos mais dispostos a esperar semanas por uma consulta com um profissional de saúde, daí o sucesso da plataforma Doctoralia, que oferece uma ampla variedade de especialistas e permite escolher com base na disponibilidade e localização”, assegura Lopes.

Acesse: www.doctoralia.com.br

Doctoralia no Facebook: @doctoralia.br

Sobre a Doctoralia

Parte do Grupo DocPlanner, a Doctoralia é a plataforma líder mundial em agendamentos de consultas, conecta profissionais de saúde e pacientes e proporciona uma experiência de cuidados mais próxima e humanizada. Aos pacientes a Doctoralia oferece um espaço para perguntas, avaliações e busca segmentada por especialistas de acordo com suas necessidades. Aos profissionais e centros de saúde, a plataforma impulsiona a presença online facilitando o contato, além de auxiliar no gerenciamento de pacientes e na eficiência das consultas.

Sobre o Grupo DocPlanner

Grupo Docplanner, presta serviço para mais de 30 milhões de pacientes por mês e gerencia cerca de 1,1 milhão de agendamentos de consultas mensais. A plataforma conta com mais de 2 milhões de profissionais e 2.3 milhões de opiniões de pacientes nos 15 países onde está presente. A empresa, fundada em 2012 na Polônia, já tem mais de 800 funcionários em seus escritórios em Varsóvia, Barcelona, Istambul, Roma, Cidade do México, Bogotá, Santiago e Curitiba.

Para mais informações, visite www.doctoralia.com.br.

 Informações para a imprensa:

Sing Comunicação de Resultados


Também encontrado em: