A Black Friday tem ganhado relevância no Brasil nos últimos anos, já que ganhou maturidade e conquistou a confiança dos consumidores. No ano passado, os produtos mais buscados no Zoom (www.zoom.com.br/black-friday) durante o evento apresentavam um tíquete-médio alto, o que reforça que a data caiu nas graças dos brasileiros e veio para ficar. Smartphone, TV, notebook, geladeira, ar-condicionado e tênis lideraram as buscas. Em relação aos descontos, a maior parte dos produtos (35%) apresentou uma queda de preço entre 20% e 30%. Em segundo lugar, 21% receberam descontos entre 30% e 40%. Por fim, 15% tiveram uma redução de preço entre 40% e 50%.

Para Thiago Flores, diretor executivo do Zoom, o essencial para aproveitar bem o evento é decidir antes os produtos que deseja. Como não são todos os itens que entram em promoção, e sim aqueles que o varejo pretende liquidar os estoques, é importante checar se os produtos escolhidos apresentam bons descontos.  “É essencial que os brasileiros tenham o correto entendimento da proposta do evento no Brasil que acontece de uma forma diferente do que nos EUA”, analisa Flores.

Segundo uma pesquisa do Zoom, realizada com 15 mil pessoas, os eletrônicos são novamente os produtos mais desejados para a data. Mas na hora de comprar esses produtos, é necessário ter uma atenção especial, já que possuem muitas particularidades.

“Os smartphones, notebooks, TVs e eletrônicos, em geral, apresentam uma grande quantidade de modelos e cada um tem o seu diferencial. Por serem produtos caros é preciso ficar muito atento na hora de comprá-los e avaliar quais funcionalidades são as mais importantes para suas necessidades”, aconselha o executivo do Zoom.

Para auxiliar os consumidores a fazerem suas compras com tranquilidade e sem acabar com todas as economias, o Zoom fez uma lista com onze dicas que vão fazer com que você economize nessa Black Friday:

1)      Confira se o desconto apresentado é realmente relevante. Para isso, o ideal é decidir antes os produtos que deseja e checar o seu histórico de preço.

2)     Escolha a melhor forma de pagamento. Alguns produtos apresentam valores diferentes se forem pagos à vista ou parcelados. A condição de pagamento também pode ser diferente de acordo com o meio escolhido: no boleto bancário, geralmente o parcelamento é menor ou não é permitido.

3)     Pesquise sobre o produto escolhido para não agir por impulso e comprar apenas pelo desconto. Se precisar de ajuda, os especialistas do Zoom vão estar disponíveis para tirar todas as dúvidas sobre cada produto.

4)      Use os filtros de busca para encontrar os eletrônicos que melhor atendam às suas necessidades. No Zoom, essa categoria possui filtros por necessidades, para o usuário achar os produtos que apresentam as características mais recomendadas para o que ele precisa.

5)      Aproveite a volta da Lei do Bem para comprar eletrônicos na Black Friday. Com ela, os varejistas são isentos do pagamento de PIS/Cofins sobre smartphones, tablets, desktop e notebooks. Por isso, esses produtos estão apresentando queda de preço ao longo do ano e  devem cair ainda mais no dia do evento.

6)      Fique atento ao prazo de entrega caso pretenda antecipar as suas compras de Natal. Os presentes precisam chegar até o dia 24 de dezembro para você presentear os seus amigos e família.

7)       Preste atenção na taxa de entrega, que geralmente não está inclusa na oferta. Dependendo do valor, pode ser que o desconto não compense. Como esse é um fator que muda de acordo com a região em que será feita a entrega, é preciso checar sempre essa informação.

8)       Certifique-se de que está comprando em uma loja confiável! É importante verificar se o site tem dados blindados. Quando fornecer seus dados pessoais, fique atento ao desenho de um cadeado que aparece no canto esquerdo do local onde você digita o nome do site, e verifique se o endereço começa com Erro! A referência de hiperlink não é válida.. Também vale evitar compras em computadores de terceiros ou de acesso público. Não acredite em ofertas que sejam extremamente discrepantes do preço médio praticado pelo mercado e verifique o nome da loja em sites de reclamações ou até mesmo em órgãos de proteção ao consumidor, como o Procon. O Zoom verifica a situação da loja constantemente para garantir que você só compre nas confiáveis.

9)      Conheça os seus direitos. A internet permite que você se arrependa da compra. Você tem o prazo de sete dias, contados a partir do dia do recebimento do produto, para devolvê-lo. Isso vale mesmo que você utilize o produto e ele não apresente defeito. Essa devolução garante o ressarcimento imediato do valor atualizado do pedido, incluindo os custos com frete. O Decreto 7962/13 orienta os lojistas a mostrarem de forma clara e visível, quais os meios de comunicação disponíveis para o consumidor exercer seu direito de arrependimento. Além disso, fica por conta da loja comunicar a instituição financeira ou administradora de cartão de crédito que a compra foi cancelada em função do prazo de arrependimento. Mas não se confunda: esse prazo de sete dias não vale para troca de produtos. Caso você queira seu dinheiro de volta, essa é a melhor opção. Mas, não se esqueça de enviar a mercadoria para a loja junto com a nota fiscal da compra.

10)      Saiba o que fazer se receber o produto com defeito. A substituição de produtos defeituosos ou com mau funcionamento é garantida pelo Código de Defesa do Consumidor. Caso você faça as suas compras online e receba o produto com defeito aparente, existem prazos para reclamar com a loja virtual, que variam de acordo com o tipo de produto. Para eletrodomésticos, eletrônicos e outros produtos duráveis, o prazo é de até 90 dias. Para os não duráveis, como alimentos e flores, o prazo é de 30 dias. A partir disso, fica valendo a garantia do fabricante, que varia conforme a marca. Essa informação consta em contrato, não deixe de checar. Se depois de 30 dias da reclamação o problema não for resolvido, você poderá, além de trocar o produto por outro igual, solicitar devolução imediata do valor pago, ou ainda, pedir que seja feito o abatimento proporcional do preço, caso decida ficar com o produto defeituoso.

11)     Fique atento ao processo de troca de produtos comprados pela internet. Pelo Código de Defesa do Consumidor, as lojas não são obrigadas a trocar os produtos, caso não haja algum defeito ou propaganda enganosa. Então, a política de troca pode variar de loja para loja. No entanto, muitas delas aceitam a troca, em função de cores ou tamanhos, por exemplo, dentro de um prazo pré-estabelecido (fique atento às letras miúdas quando fechar a compra). Nesse caso, os custos de frete ficam a cargo do consumidor.

Para conferir os resultados da pesquisa do Zoom, realizada com 15 mil pessoas, sobre a intenção de compras para a Black Friday 2016 acesse: https://www.zoom.com.br/black-friday/pesquisa 

Sobre o Zoom:

O Zoom é um site comparador de preços e produtos que oferece ao cliente o melhor apoio à compra. O site conta com mais de 2,5 milhões ofertas e mais de 300 lojas cadastradas. Para garantir o bom atendimento aos consumidores, o Zoom realiza um rigoroso controle das lojas que são credenciadas e, além disso, oferece o serviço gratuito Zoom Garante, que assegura aos clientes o recebimento do produto ou dinheiro de volta. Lançado em novembro de 2011, o Zoom faz parte da holding Mosaico Negócios de Internet. Para mais informações acesse www.zoom.com.br e baixe o aplicativo do Zoom disponível para Android e iOS.

Confira o programa “Dando um Zoom” no canal do YouTube do Zoom: youtube.com/deumzoom  

Siga o Zoom nas redes sociais: https://www.facebook.com/deumzoom  https://twitter.com/deumzoom

Informações para a imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

Postado em: Destaque, Diversão, e-commerce, Produtos, Releases, Varejo