Dicas para desapegar dos eletroeletrônicos já sem utilidade contribuindo com o planeta e a economia

Adotar iniciativas de impacto positivo ao meio ambiente e cobrar a mesma postura das marcas, está entre as tendências globais de consumo para 2022 aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada em 100 países pela Euromonitor Internacional[1] listou as dez tendências globais para o mercado de consumo em 2022. O segundo item da lista é a preocupação em fazer escolhas que causem um impacto positivo ao meio ambiente. No ano passado, 67% dos consumidores adotaram iniciativas mais conscientes, como redução no uso de plástico, evitar o desperdício de alimentos e praticar a reciclagem, além de esperar a mesma postura das marcas.

Pensando em ajudar aqueles que querem começar o ano novo colocando em prática suas resoluções e antenados às tendências mundiais, Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos (ABREE) preparou um passo a passo para fazer o descarte ambientalmente correto dos eletroeletrônicos.

  1. Se não usa mais, diga adeus!

Separe os produtos que perderam utilidade dos que ainda fazem parte do seu dia a dia. Vale vasculhar armários e gavetas, porque sempre tem um fone de ouvido, celular, computador e outros eletrodomésticos esquecidos. Separe tudo o que será descartado de outros tipos de resíduos.

  1. Remova baterias e os seus dados pessoais

Pilhas e baterias podem e devem ser removidas dos aparelhos assim como os seus dados pessoais! Se ainda precisar dos dados, faça um backup e depois, apague todas as informações armazenadas em celulares, computadores, tablets e outros eletrônicos desse tipo.

  1. Cuidado, não desmonte os produtos!

Alguns produtos contêm substâncias nocivas à saúde, por isso a desmontagem só deve ser feita por profissionais capacitados para tal atividade. Descarte produtos inteiros, limpos e desligados no coletor do ponto de recebimento ou entregue para um responsável no local.

  1. Encontre o local correto para o descarte e saiba os objetos que são aceitos

Para encontrar um dos pontos de coleta de eletrônicos e eletrodomésticos, basta digitar o CEP e o produto a ser descartado para obter os endereços mais próximos neste site: https://abree.org.br/pontos-de-recebimento Aqui também tem a lista completa dos produtos que podem ser descartados, como batedeira, ferro elétrico, fone de ouvido, liquidificador, máquina de costura, micro-ondas, purificador de água, televisão e muitos outros.

  1. Colaborando com a logística reversa você apoio negócios de impacto

Os produtos recebidos são encaminhados para uma espécie de fábrica que realiza a desmontagem do produto, consolidação e triagem, chamada de logística reversa. Nessas empresas, os produtos são desmontados no momento certo e apenas por pessoas capacitadas. Só depois, os materiais serão encaminhados para a manufatura reversa, que cuidará do descarte ambientalmente correto.

Para o pleno funcionamento desse ecossistema, novos negócios e profissionais especializados são necessários, criando assim oportunidades que ajudam a movimentar a economia local.

  1. Manufatura reversa reaproveita insumos e protege o meio ambiente

É a manufatura reversa, realizada por empresas que precisam cumprir diversas exigências legais, incluindo a obtenção de licenças de órgãos ambientais, que garantirá a destinação final ambientalmente adequada das frações extraídas dos produtos. Algumas substâncias precisam receber tratamento adequado antes de serem descartadas para evitar riscos à saúde e ao planeta, enquanto outros insumos poderão ser reintroduzidos em ciclos de produção para novos produtos, como a reinserção do plástico para a produção de baldes.

  1. Descarte correto protege rios, mares e mananciais

Segundo um estudo mundial feito pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP), a quantidade total de matérias-primas descartadas sem cuidados e sem consciência do valor desses materiais em 2020, chegou a 57 bilhões de dólares. A logística reversa impede o descarte inadequado, evitando a poluição do solo e das águas, gera empregos para a população e contribui para a redução no consumo de matérias-primas.

 [1] Pesquisa Euromonitor Internacional

Sobre a ABREE - Fundada em 2011, a ABREE - Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos - é uma entidade gestora sem fins lucrativos, que define e organiza o gerenciamento da implementação do sistema coletivo de logística reversa de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos, promovendo economia de grande escala. Com 54 associados que representam 183 marcas, a ABREE é responsável pelo gerenciamento através da contratação, fiscalização e auditoria dos serviços prestados por terceiros, além de contribuir com informações para todos os envolvidos da cadeia, responsáveis pela viabilização da logística reversa de eletroeletrônicos e eletrodomésticos no país. Para mais informações, acesse http://abree.org.br/

 

Contatos para a imprensa ABREE:

Sing Comunicação de Resultados

24/01/2022


Também encontrado em: