NVIDIA oferece o sistema de IA mais avançado do mundo, NVIDIA DGX A100, para combater a Covid-19

  • A DGX de terceira geração bate o recorde com 5 Petaflops de desempenho de IA;
  • Treinamento, inferência, análise de dados unificados em uma única plataforma;
  • Cada sistema pode ser configurado de uma a 56 GPUs independentes para oferecer infraestrutura de data center flexível e definido por software.

Santa Clara, Califórnia, GTC 2020, 14 de maio de 2020 - A NVIDIA Enterprise revela NVIDIA DGX™ A100, a terceira geração do sistema de IA mais avançado do mundo, fornecendo 5 petaflops de desempenho de IA e consolidando o poder e os recursos de um data center inteiro em uma única plataforma flexível pela primeira vez.

Disponíveis imediatamente, os sistemas DGX A100 começaram ser entregues no mundo todo, com o primeiro pedido para o Laboratório Nacional de Argonne, do Departamento de Energia dos EUA (DOE, U.S. Department of Energy), que usará a IA e a potência computacional do cluster para melhor compreender e combater a Covid-19.

“A NVIDIA DGX A100 é o melhor instrumento projetado para IA”, diz Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “NVIDIA DGX é o primeiro sistema de IA criado para o fluxo de trabalho de machine learning de ponta a ponta - da análise de dados ao treinamento e à inferência. E com o enorme salto de desempenho do novo DGX, os engenheiros de machine learning podem ficar à frente do tamanho exponencialmente crescente dos modelos e dados de IA.”

Os sistemas DGX A100 integram oito das novas GPUs de Tensor Cores NVIDIA® A100, fornecendo 320 GB de memória para treinar os maiores conjuntos de dados de IA e as mais atuais interconexões NVIDIA Mellanox® HDR 200Gbps de alta velocidade.

Várias cargas de trabalho menores podem ser aceleradas ao particionar a DGX A100 em até 56 instâncias por sistema, usando o recurso de GPU de instâncias múltiplas da A100. A combinação desses recursos permite que as empresas otimizem a potência e os recursos de computação sob demanda para acelerar diversas cargas de trabalho, incluindo análise de dados, treinamento e inferência, em uma única plataforma definida por software.

“As pesquisas brasileiras poderão se beneficiar muito desse sistema para otimizar o tempo dos cientistas e pesquisadores em busca de uma vacina para a Covid-19 ou até outras doenças, como Dengue e Zika”, explica Mario Aguiar, gerente sênior da NVIDIA Enterprise para América Latina.

Adoção e suporte imediatos da DGX A100

Várias das maiores empresas, provedores de serviços e agências governamentais do mundo fizeram pedidos iniciais para a DGX A100, com os primeiros sistemas sendo entregues ao Argonne no início deste mês.

“Estamos usando os supercomputadores mais potentes da América no combate contra a Covid-19, executando modelos de IA e simulações com a tecnologia mais atual disponível, como a NVIDIA DGX A100”, afirma Rick Stevens, diretor associado para computação, ambiente e ciências biomédicas do laboratório Argonne. “A potência computacional da nova DGX A100 que chega ao Argonne ajudará os pesquisadores a explorar tratamentos, vacinas e estudar a disseminação do vírus, permitindo que os cientistas façam anos de trabalho acelerado por IA em meses ou dias.”

A Universidade da Flórida é a primeira instituição de ensino superior nos Estados Unidos a receber o sistema DGX A100, que será implantado para infundir a IA em todo o currículo, a fim de promover uma força de trabalho habilitada para IA.

“A Universidade da Flórida tem a visão de ser líder nacional em inteligência artificial, e a NVIDIA é uma parceira incrivelmente valiosa em nossa missão”, conta o presidente da Universidade da Flórida, Kent Fuchs. “Em todas as disciplinas, nossos novos sistemas NVIDIA DGX A100 posicionarão nossos pesquisadores para resolver alguns dos desafios mais urgentes do mundo e equipar toda uma geração de estudantes com as habilidades que revolucionarão a força de trabalho futura.”

Entre os primeiros utilizadores, estão:

  • Centro de IA Biomédica — o Centro Médico da Universidade Hamburg-Eppendorf, na Alemanha, utilizará a DGX A100 para impulsionar o apoio às decisões clínicas e a otimização de processos.
  • Universidade de Chulalongkorn — a principal universidade intensiva em pesquisa da Tailândia usará o DGX A100 para acelerar suas pesquisas pioneiras, como processamento de idioma natural tailandês, reconhecimento automático de fala, visão computacional e imagem médica.
  • Element AI — um desenvolvedor de soluções e serviços com tecnologia de IA, com sede em Montreal, está implantando a DGX A100 para acelerar o desempenho e a otimização de recursos de seu constatador de GPUs Orkestrator para atender às crescentes demandas de aplicativos e treinamento de IA.
  • Centro de Pesquisa Alemão para Inteligência Artificial (DFKI) — usará os sistemas DGX A100 para acelerar ainda mais sua pesquisa sobre novos métodos de deep learning e sua explicabilidade, reduzindo significativamente o consumo de espaço e energia.
  • ai — uma empresa de IA de serviços de saúde, com sede em Sydney, implementará os primeiros sistemas DGX A100 da Austrália para acelerar o desenvolvimento de sua IA como dispositivo médico.
  • Escritório de Inteligência Artificial dos Emirados Árabes Unidos — primeiro no Oriente Médio a implantar o novo DGX A100, está construindo uma infraestrutura nacional para acelerar a pesquisa, o desenvolvimento e a adoção da IA nos setores público e privado.
  • VinAI Research — o laboratório de pesquisa de IA líder do Vietnã, sediado em Hanói e na cidade de Ho Chi Minh, usará a DGX A100 para conduzir pesquisas de alto impacto, acelerando a aplicação de IA.

Milhares de sistemas DGX da geração anterior estão em uso em todo o globo por uma ampla variedade de organizações públicas e privadas. Entre eles estão algumas das principais empresas do mundo, incluindo fabricantes de automóveis, fornecedores de serviços de saúde, varejistas, instituições financeiras e empresas de logística que estão impulsionando a IA em seus setores.

NVIDIA desenvolve a próxima geração do DGX SuperPOD de 700 petaflops

A NVIDIA Enterprise também revela seu DGX SuperPOD de última geração, um cluster de 140 sistemas DGX A100 capaz de alcançar 700 petaflops de potência de computação de IA. Combinando 140 sistemas DGX A100 com interconexões NVIDIA Mellanox HDR 200Gbps InfiniBand, a NVIDIA desenvolveu seu próprio supercomputador de última geração DGX SuperPOD de IA para pesquisas internas em áreas como IA de conversação, genômica e condução autônoma.

O cluster é um dos supercomputadores de IA mais rápidos do mundo, alcançando um nível de desempenho que antes exigia milhares de servidores. A arquitetura e o desempenho empresariais do DGX A100 permitiram que a NVIDIA construísse o sistema em apenas um mês, em vez de levar meses ou anos de planejamento e aquisição de componentes especializados necessários anteriormente para oferecer esses recursos de supercomputação.

Para ajudar os clientes a criarem seus próprios data centers com tecnologia A100, a NVIDIA lançou uma nova arquitetura de referência DGX SuperPOD. Ela oferece aos clientes um esquema que segue os mesmos princípios de design e as práticas recomendadas que a NVIDIA usou para construir seu cluster de supercomputação de IA baseado na DGX A100.

Programa DGXpert, software DGX-Ready

A NVIDIA Enterprise anuncia o programa NVIDIA DGXpert, que reúne clientes DGX com os especialistas em IA da empresa, e o programa de software NVIDIA DGX-Ready, que ajuda os clientes a utilizarem as soluções de software certificadas e de nível empresarial para fluxos de trabalho de IA.

Os DGXperts são especialistas fluentes em AI que podem ajudar a orientar os clientes em implantações de AI, desde o planejamento e a implementação até a otimização contínua. Esses profissionais podem ajudar os clientes DGX A100 a desenvolver e manter a infraestrutura de IA de última geração.

O programa de software NVIDIA DGX-Ready ajuda os clientes DGX a identificar e aproveitar rapidamente o software de MLOps de terceiros testado pela NVIDIA, que pode ajudá-los a aumentar a produtividade da ciência dos dados, acelerar os fluxos de trabalho de IA e melhorar a acessibilidade e a utilização da infraestrutura de IA. Os primeiros parceiros do programa certificados pela NVIDIA são Allegro AIcnvrg.ioCore Scientific, Domino Data LabIguazio Paperspace.

 Especificações técnicas da DGX A100

  • Oito GPUs de Tensor Core NVIDIA A100, oferecendo cinco petaflops de potência de IA, com 320 GB em memória total de GPU com 12,4 TB por segundo de largura de banda.
  • Seis estruturas de interconexão NVIDIA NVSwitch™ com uma tecnologia NVIDIA NVLink® de terceira geração para 4,8 TB por segundo de largura de banda bidirecional.
  • Nove interfaces de rede NVIDIA Mellanox ConnectX-6 HDR de 200 GB por segundo, oferecendo um total de 3,6 TB por segundo de largura de banda bidirecional.
  • Aproveita a computação em rede e os mecanismos de aceleração de rede da Mellanox, como RDMA, GPUDirect® e escalas de protocolos de redução e agregação hierárquicas dimensionáveis (SHARP)™ para possibilitar o mais alto desempenho e dimensionamento.
  • Armazenamento interno de 15TB Gen4 NVMe, que é duas vezes mais rápido que os SSDs Gen3 NVMe.
  • Com a tecnologia de software NVIDIA DGX, que inclui software otimizado para cargas de trabalho de IA e ciência de dados, o que proporciona um desempenho maximizado, permitindo que as empresas obtenham um retorno mais rápido sobre seus investimentos em infraestrutura de IA.

Um único rack de cinco sistemas DGX A100 substitui um data center da infraestrutura de treinamento e inferência de IA, com 1/20 avos de energia consumida, 1/25 avos de espaço e 1/11 avos do custo.

Disponibilidade

Os sistemas NVIDIA DGX A100 estão disponíveis para encomenda no ecossistema de revendedores da NVIDIApreço sob consulta. Os fornecedores de tecnologia DDN Storage, Dell TechnologiesIBMNetAppPure Storage e Vast planejam integrar a DGX A100 às suas ofertas com base nas arquiteturas de referência de DGX POD e DGX SuperPOD da NVIDIA.

Parceiros de data center NVIDIA DGX-Ready oferecem serviços de colocação em mais de 122 locais em 26 países a fim de ajudar os clientes a buscar recursos econômicos para hospedar sua infraestrutura DGX. Os clientes DGX A100 poderão aproveitar esses serviços para alojar e acessar a infraestrutura DGX A100 em instalações de data centers validadas e de classe mundial.

Outras informações, incluindo especificações técnicas detalhadas e detalhes sobre pedidos, estão disponíveis em NVIDIA DGX A100.

Sobre a NVIDIA

Com a invenção da GPU pela NVIDIA (NASDAQ: NVDA), em 1999, redefinimos os gráficos de computadores modernos e revolucionamos a computação paralela. Mais recentemente, o deep learning com base em GPU deu início à inteligência artificial moderna — a próxima era da computação — com a GPU atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que podem perceber e compreender o mundo. Saiba mais em http://nvidianews.nvidia.com/

Acesse também:

Site oficial da NVIDIA no Brasil: https://www.nvidia.com/pt-br/

Facebook: @NVIDIABrasil

Twitter: @NVIDIABrasil

Informações para a Imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

14/05/2020

# # #

Certas declarações neste comunicado à imprensa, incluindo, entre outras, declarações sobre: os benefícios, desempenho, recursos e disponibilidade de nossos produtos, tecnologias e serviços, incluindo NVIDIA DGX A100, GPUs NVIDIA A100 Tensor Core, DGX SuperPOD, NVIDIA Mellanox InfiniBand interconexões, arquitetura de referência DGX SuperPOD, programa NVIDIA DGXpert, programa NVIDIA DGX-Ready Software, malhas de interconexão NVSwitch, tecnologia NVLink, computação em rede e mecanismos de aceleração de rede da Mellanox, motores de aceleração de rede da Mellanox, pilha de software NVIDIA DGX e parceiros de data center NVIDIA DGX-Ready - declarações que estão sujeitas a riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados sejam materialmente diferentes das expectativas. Fatores importantes que podem causar resultados reais diferentes materialmente incluem: condições econômicas globais; nossa confiança em terceiros para fabricar, montar, embalar e testar nossos produtos; o impacto do desenvolvimento tecnológico e da concorrência; desenvolvimento de novos produtos e tecnologias ou aprimoramentos de nossos produtos e tecnologias existentes; aceitação no mercado de nossos produtos ou produtos de nossos parceiros; defeitos de projeto, fabricação ou software; mudanças nas preferências ou demandas dos consumidores; mudanças nos padrões e interfaces da indústria; perda inesperada de desempenho de nossos produtos ou tecnologias quando integrada aos sistemas; bem como outros fatores detalhados de tempos em tempos nos relatórios mais recentes que a NVIDIA arquiva com a Securities and Exchange Commission, ou SEC, incluindo, entre outros, seu relatório anual no Formulário 10-K e relatórios trimestrais no Formulário 10-Q . Cópias dos relatórios arquivados na SEC são publicadas no site da empresa e estão disponíveis gratuitamente na NVIDIA. Essas declarações prospectivas não são garantias de desempenho futuro e são válidas apenas até a presente data e, exceto conforme exigido por lei, a NVIDIA se isenta de qualquer obrigação de atualizar essas declarações prospectivas para refletir eventos ou circunstâncias futuras.

© 2020 NVIDIA Corporation. Todos os direitos reservados. NVIDIA, o logo da NVIDIA, DGX, NVIDIA DGX A100, NVIDIA DGX SuperPod, NVLink e NVSwitch são marcas comerciais e/ou marcas registradas da NVIDIA Corporation nos EUA e em outros países. Outros nomes de empresas e produtos podem ser marcas comerciais das respectivas empresas às quais estão associados. Os recursos, os preços, a disponibilidade e as especifica.

 
What do you want to do ?
New mail

Também encontrado em: