Cibersegurança: saiba quais são as certificações para atuar na área

Profissionais são responsáveis por proteger o ambiente virtual das empresas, garantindo assim a segurança contra ataques cibernéticos

O número de ataques cibernéticos, vazamentos de dados e infecções por ransomware tem aumentado nos últimos anos e a demanda por profissionais de cibersegurança é muito alta. De acordo com dados do (ISC)², o Brasil possui um déficit de 441 mil profissionais desse segmento, que são responsáveis por protegerem o espaço cibernético das organizações usando diferentes estratégias e técnicas de defesa.

A capacitação para desempenhar essa profissão inclui, além de uma pós-graduação, algumas certificações, que podem variar de acordo com os objetivos do profissional. Pensando nisso, o Instituto DARYUS de Ensino Superior Paulista – IDESP, escola de negócios referência em cibersegurança, gestão de riscos e continuidade de negócios, lista as principais certificações para quem deseja atuar nesta área que está em alta no Brasil e no mundo.

“A ausência de um especialista em cibersegurança pode causar prejuízos para as empresas, ainda mais aquelas que lidam com uma grande quantidade de dados. O mercado vem sentindo a necessidade de profissionais qualificados e habilitados para lidar com segurança ofensiva e defensiva, visando minimizar a superfície de ataques. Nesse contexto, certificações na área são importantes para quem possui interesse em atuar na profissão, pois elas são uma forma de validar a capacidade técnica do profissional”, pontua Cristian Souza, professor no Instituto Daryus de Ensino Superior Paulista (IDESP) e consultor de Cyber Security na Daryus Consultoria.

De acordo com um levantamento do Global Digital Trust Insights Survey, da PwC, 83% das organizações brasileiras preveem um aumento nos gastos em cibersegurança em 2022. Já no mundo, esse percentual é de 69%. Ainda segundo o levantamento, 45% das empresas no Brasil estimam um aumento de 10% ou mais nos investimentos em segurança de dados.

Com isso, existe uma variedade de certificações para os profissionais que buscam aprendizado na área de cibersegurança, principalmente para quem já atua em testes de intrusão. A escolha de uma certificação depende de fatores como a subárea de atuação do profissional e sua experiência. Confira abaixo algumas das provas de certificação mais conhecidas:

Fundamentos: as provas dessa categoria são indicadas para profissionais de segurança em início de carreira, que necessitam de uma base para atuar nesse segmento.  Confira abaixo as certificações indicadas para esse nível:

  • Security+ – CompTIA
  • Information Security Foundation based on ISO IEC 27001 (ISFS) – EXIN
  • Ethical Hacking Foundation – EXIN

Nível intermediário: as provas dessa categoria são indicadas para profissionais que já possuem uma experiência na área de segurança da informação. Confira abaixo as opções de certificações:

  • Pentest + – CompTIA
  • Certified Ethical Hacker (CEH) – EC-Council
  • Offensive Security Certified Professional (OSCP) – Offensive Security
  • GIAC Penetration Tester (GPEN)

Nível avançado: nessa categoria o profissional precisa atuar no mercado há algum tempo e ter experiência em áreas como gerenciamento de riscos. Confira abaixo as opções para esse nível:

  • CISSP – (ISC)²
  • CISM – ISACA

Segundo Souza, os objetivos na carreira e o momento profissional podem influenciar na escolha da certificação. “Em sites como LinkedIn, por exemplo, o profissional consegue pesquisar as siglas das certificações, sendo possível identificar quais áreas possuem maior empregabilidade.”

Além disso, é importante o candidato se atentar aos conteúdos exigidos em cada exame.  Geralmente nos sites dos fornecedores é possível encontrar simulados e materiais sobre os tópicos abordados nas certificações.Para quem deseja saber mais sobre a área de cibersegurança, acesse: https://idesp.com.br/pos_graduacao/cyber-security/

Sobre o IDESP
Fundado em 2005, o Grupo Daryus, de origem e capital 100% brasileiro, tornou-se referência na atuação de Consultoria e Educação em GRC. Com mais de 15 anos de experiência a Daryus Educação promoveu a capacitação profissional para mais de 20 mil alunos, 60 cursos oferecidos, sendo 9 cursos de pós-graduação reconhecidos pelo Ministério da Educação e parcerias com faculdade e institutos renomados. Atualmente, a empresa se reposiciona com o Instituto Daryus de Ensino Superior Paulista (IDESP) e continua a oferecer conhecimento em cursos voltados para educação executiva, treinamento e certificações internacionais nas áreas de continuidade de negócios, cibersegurança, segurança da informação, gestão de riscos, gestão de TI, projetos e processos, entre outros. A empresa é pioneira na criação dos cursos de pós-graduação de segurança da informação, perícia forense digital, gestão riscos, continuidade de negócios e cibersegurança.
Para mais informações, acesse: https://www.daryus.com.br/pos-graduacao.


Sobre o Grupo DARYUS
Desde 2005 com o propósito de iluminar mentes, proteger pessoas e negócios, por meio de educação e serviços em gestão de riscos, o grupo DARYUS tornou-se referência em consultoria, educação e eventos nos temas: Gestão de Riscos, Segurança de Informação, Cibersegurança, Proteção de Dados (LGPD) e Governança de Tecnologia da Informação (TI). O Grupo é composto por 4 unidades de negócios: 1) A DARYUS Consultoria - especializada em Gestão de Riscos e Cibersegurança, 2) O IDESP - Instituto DARYUS de Ensino Superior Paulista - que é líder na formação em GRC, com mais de 30 mil profissionais formados desde 2006, e pioneira na criação dos cursos de pós-graduação em segurança da informação, forense computacional, cibersegurança e continuidade de negócios, 3) A DARYUS Eventos, que tem foco em criar e gerenciar eventos que desenvolvam a comunidade de cibersegurança e gestão de riscos no Brasil, e 4) A DARYUS StartLab, aceleradora de startups focada em Riscos, TI e Cibersegurança. Para saber mais visite: https://www.daryus.com.br/

 

Informações para a Imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

20/07/2022


Também encontrado em: