Edtech ensina educação financeira a crianças e adolescentes

Depois de passar por programa de validação da Bluefields, a startup de educação está em processo de finalização do MVP e em busca do seu primeiro investimento

A educação financeira dos brasileiros caminha a passos lentos. De acordo com um levantamento do Ibope, apenas 21% das pessoas tiveram educação financeira até os 12 anos de idade e 42% aprenderam sobre o tema com os pais. Diante desse cenário, a Finkids, startup acelerada pela Bluefields, se apresenta ao mercado com o objetivo de transformar essa realidade.

A empresa foi fundada em 2021 por Lucas Silva e Romário Everton. Seguindo uma curiosidade do ecossistema que são as startups multissetoriais, a Finkids é uma startup de educação voltada ao mercado financeiro com foco em crianças e adolescentes. “Um dos principais motivos que nos levou a criar a Finkids foi o desejo de levar a educação financeira que tanto faltou para nós, os fundadores, na infância. Tomamos muitas decisões erradas por não termos um direcionamento educacional e familiar em relação às finanças”, explica Lucas Silva, CEO da Finkids.

Lucas Silva revela que a Bluefields foi essencial para o negócio. “Já conhecia a Bluefields por outra iniciativa e, quando começamos a idealizar a Finkids, acreditei novamente que a aceleradora poderia nos ajudar nesse momento inicial. Estamos com muitas ideias e construindo o nosso modelo de negócio. Com o programa Sparks foi possível ter uma visão mais estruturada e em etapas, o que facilitou o início da nossa jornada”, afirma Lucas.

O Sparks é um programa oferecido pela Bluefields para os empreendedores que estão no início do empreendimento. “Criamos o Sparks porque muitas startups chegavam na aceleração com uma validação muito superficial. O que acontecia é que elas não eram selecionadas e ficavam de 12 a 18 meses em um looping de validação, que é exatamente o que o Sparks consegue fazer em apenas três meses”, explica Paulo Humaitá, fundador e CEO da Bluefields.

Ao longo do processo do Sparks, a dupla fundadora da Finkids está ansiosa pelo futuro. “Nosso MVP (produto mínimo viável) está em processo de construção e devemos isso a todo o direcionamento do Sparks, sobretudo aos mentores que ajudaram em nosso desenvolvimento. Agora o nosso foco é no capital próprio e clientes. Aprendemos bastante com as mentorias da Bluefields sobre fluxos que nos ajudam no dia a dia e sobre planejamento futuro, então estamos ansiosos pelo nosso primeiro investimento anjo ou de venture capital”, finaliza Lucas.

O programa Sparks está com as inscrições abertas até o dia 29 de abril. Os empreendedores interessados podem enviar as ideias de negócios e informações de contato diretamente no site da Bluefields: https://bluefieldsdev.com/sparks/

 

SERVIÇO

Programa Sparks

Inscrições: até 29 de abril de 2022

Link: https://bluefieldsdev.com/sparks/

 

Sobre a Bluefields

Desde 2016 a Bluefields impulsiona startups ao oferecer soluções para as diferentes etapas da jornada: validação, aceleração de startups e inovação corporativa, especialmente nos setores da Convergência Biodigital (agronegócio, saúde e alimentos), Nanotecnologia e Educação. Com cerca de 200 startups aceleradas, possui programas como o Sparks para empreendedores iniciantes, e o Biodigital Startups, para empresas dos setores de agro, alimentos e saúde que desejam fazer inovação aberta com startups. Ao acelerar, a Bluefields cumpre a missão de transformar vidas através do empreendedorismo, porque afinal, as startups de hoje são as grandes corporações do amanhã.

Saiba mais em: https://www.bluefieldsdev.com/

Acompanhe a Bluefields nas redes sociais:

Instagram - https://www.instagram.com/bluefields_aceleradora/

LinkedIn - https://www.linkedin.com/company/bluefields-aceleradora/

YouTube - https://www.youtube.com/channel/UCboDJPDyBJQjb0p3V9SMuvg

 

Informações para a Imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

18/04/2022


Também encontrado em: