NVIDIA Enterprise busca a liderança em data centers com a criação da unidade de negócios NVIDIA Networking

Agora é possível oferecer uma solução focada em rede fim-a-fim, combinando hardware e software, resultando em melhor experiência, velocidade e otimização de tempo

 

A NVIDIA Enterprise tem quebrado recordes neste ano com as ofertas de soluções para Data Centers. Com a aquisição da Mellanox Technologies Ltd, em 27 de abril de 2020, a empresa criou a unidade de negócios NVIDIA Networking, que oferece ao mercado soluções de rede completa para data centers, criando uma combinação personalizada em hardware e software para cada empresa, gerando melhor experiência, custo-benefício e otimização de tempo.

As soluções NVIDIA Networking conectam usuários, servidores e storage com estruturas mais rápidas e inteligentes, usando as tecnologias Ethernet e InfiniBand. SmartNICs, switches, softwares de rede e unidades de processamento de dados (DPUs) auxiliam na aceleração de aplicações e data centers com maior desempenho e eficiência. Os desenvolvedores podem programar o design da rede com layers, automação de infraestrutura, offloads na nuvem, computação em rede e regras de segurança, que serão acelerados por hardware de rede.

“Enquanto outras marcas do mercado focam em aplicações, as soluções NVIDIA Networking oferecem soluções fim-a-fim e focada em rede. Isso significa que vamos começar a tratar os desafios de rede dentro do servidor com uma combinação de hardware e software. Com uma visão geral, a NVIDIA Networking tem a mesma proposta de valor que a NVIDIA, que é fazer a aplicação rodar mais rápido e melhorar a experiência do usuário”, explica Guilherme Fuhrken, gerente de negócios da NVIDIA Networking para América Latina.

Entre as novidades deste setor, a NVIDIA apresenta a próxima geração da NVIDIA® Mellanox® 400G InfiniBand, com o objetivo de oferecer aos desenvolvedores de Inteligência Artificial e pesquisadores científicos o desempenho de rede mais rápido disponível no mercado para solucionar os problemas mais desafiadores do mundo. A sétima geração da InfiniBand oferece latência extremamente baixa e duplica a taxa de transferência de dados com o NDR 400 Gb/s, além de adicionar novos mecanismos de computação em rede da NVIDIA para oferecer aceleração adicional.

 

Esse anúncio amplia a liderança da InfiniBand como a solução mais robusta do setor para supercomputação de IA. A NVIDIA Mellanox NDR 400G InfiniBand oferece o triplo da densidade de porta de switches e aumenta o poder de aceleração de IA em 32 vezes. Além disso, aumenta em 5 vezes a taxa de transferência bidirecional agregada do sistema de switches, para 1,64 petabits por segundo, permitindo que os usuários executem cargas de trabalho maiores com menos limitações.

 

“Cada vez mais as empresas exigem redes mais rápidas e mais inteligentes. Isso porque há uma grande tendência dos clientes no uso de IA e softwares cada vez mais complexos. Os mecanismos de taxa de transferência e aceleração inteligente da NVIDIA Mellanox InfiniBand permitem que as infraestruturas de nuvem de HPC e de IA alcancem um desempenho incomparável com menor custo e complexidade. Tudo isso em um projeto 100% personalizado para cada caso”, afirma Fuhrken.

 

Com soluções únicas no mercado, o setor de data centers da NVIDIA tem se confirmado como o grande destaque da empresa nos balanços deste ano. No primeiro trimestre do FY21, ultrapassou a marca de US$ 1 bilhão, um aumento de 18% sequencialmente e de 80% em relação ao ano anterior. Já no segundo trimestre do FY21, o setor continuou em expansão e alcançou um novo recorde de receita, que dessa vez incluiu a aquisição da Mellanox, de US$ 1,75 bilhão, 167% a mais que no ano passado e um aumento de 54% em relação ao trimestre anterior. Agora, no terceiro trimestre do FY21, a receita foi de US$ 1,90 bilhão, um aumento de 8% em relação ao trimestre anterior e de 162% em relação ao ano anterior.

“Por conta da pandemia de Covid-19, houve uma antecipação do movimento de transformação digital das empresas. O isolamento social gerou uma grande necessidade de melhores serviços na nuvem para trabalho e estudos remoto, o que exige mais processamento em data center”, conta Marcio Aguiar, diretor de NVIDIA Enterprise para América Latina. “Mas essa necessidade já era esperada e é algo que continuará crescendo. As empresas estão investindo muito em projetos envolvendo Inteligência Artificial, o que sempre necessita de uma grande escala de processamento”, complementa.

Estima-se que as empresas gastem mais de US$ 50 bilhões em sistemas de IA ainda em 2020, segundo estudo do IDC, que é uma empresa de consultoria de mercado. Em 2019, foram investidos US$ 37,5 bilhões. A expectativa para 2024 é de que o investimento atinja US$ 110 bilhões.

 

Sobre a NVIDIA

Com a invenção da GPU pela NVIDIA (NASDAQ: NVDA), em 1999, redefinimos os gráficos de computadores modernos e revolucionamos a computação paralela. Mais recentemente, o deep learning com base em GPU deu início à inteligência artificial moderna — a próxima era da computação — com a GPU atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que podem perceber e compreender o mundo. Saiba mais em http://nvidianews.nvidia.com/

Acesse também:

Site oficial da NVIDIA no Brasil: https://www.nvidia.com/pt-br/

Facebook: @NVIDIABrasil

Twitter: @NVIDIABrasil

 

Informações para a Imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

 
What do you want to do ?
New mail

Também encontrado em: