NVIDIA Enterprise foca na educação de IA com parcerias com instituições de ensino

Universidade Federal de Goiás e Florida University (EUA) estão entre os destaques de potencial tecnológico

Maratona de programação na UFG em 2019 - Divulgação

A inteligência artificial (IA) já faz parte do cotidiano da população mundial - embora nem todos tenham notado ainda -, mas ainda há um grande potencial de inovações em diferentes mercados e uma grande necessidade de profissionais especializados na área. Visando as possibilidades futuras para essa tecnologia, a NVIDIA Enterprise, que revolucionou a computação paralela e é hoje líder no desenvolvimento de plataformas de IA, tem auxiliado instituições educacionais no mundo inteiro.

No país, a NVIDIA Enterprise já realiza parcerias para o desenvolvimento de tecnologias com diversas universidades públicas e particulares, como a Universidade Federal de Goiás (UFG), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ), Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), entre outras.

Recentemente, a UFG lançou o primeiro curso de Bacharelado em Inteligência Artificial do Brasil e o Centro de Excelência em Inteligência Artificial (CEIA), tornando-se uma referência para outras instituições educacionais. “Nós construímos um histórico de sinergia com empresas que gera muitos benefícios para todos. Aumentamos os recursos para a Universidade, acelerando também as oportunidades de carreira para os alunos e ainda auxiliando no desenvolvimento de inovações para as empresas no país”, explica Anderson Soares, coordenador do CEIA.

“É uma grande honra fazer parte da história do CEIA e dos avanços tecnológicos no Brasil. Acreditamos que a grande tendência atual - não só no país, como no mundo todo - é um crescimento de parcerias público-privadas para o desenvolvimento de inovações em IA que possam melhorar e automatizar processos com a nossa tecnologia”, comenta Marcio Aguiar, diretor da NVIDIA Enterprise para a América Latina.

Nos EUA, a NVIDIA Enterprise se uniu à Florida University com um plano para construir o supercomputador de IA mais rápido do mundo acadêmico, chegando a oferecer 700 petaflops de desempenho de inteligência artificial. Essa parceria une uma doação de US$ 50 milhões da NVIDIA, sendo US$ 25 milhões em hardware, software, treinamento e serviços da NVIDIA, já a outra metade (US$ 25 milhões) veio do ex-aluno e co-fundador da NVIDIA, Chris Malachowsky.

A Florida University investirá mais US$ 20 milhões adicionais para criar um supercomputador e data center centrado na IA. A parceria público-privada de US$ 70 milhões promete fazer da instituição uma das principais universidades de IA do país, auxiliando no avanço da pesquisa acadêmica e ajudando a enfrentar alguns dos desafios mais complexos do estado.

“A NVIDIA Enterprise possui um longo histórico de apoio às universidades e instituições educacionais para pesquisa, ciência e inovação em diversos países. São doações de equipamentos, programas de treinamentos gratuitos e até disponibilização de softwares para auxiliar no desenvolvimento e aprendizado dos próximos cientistas e pesquisadores”, adiciona Aguiar.

Sobre a NVIDIA

Com a invenção da GPU pela NVIDIA (NASDAQ: NVDA), em 1999, redefinimos os gráficos de computadores modernos e revolucionamos a computação paralela. Mais recentemente, o deep learning com base em GPU deu início à inteligência artificial moderna — a próxima era da computação — com a GPU atuando como o cérebro dos computadores, robôs e carros autônomos que podem perceber e compreender o mundo. Saiba mais em http://nvidianews.nvidia.com/

Acesse também:

Site oficial da NVIDIA no Brasil: https://www.nvidia.com/pt-br/

Facebook: @NVIDIABrasil

Twitter: @NVIDIABrasil

 

Contatos para imprensa:

Sing Comunicação de Resultados

12/08/2020

 
What do you want to do ?
New mail

Também encontrado em: